Book Advisor traz sugestões para você superar aqueles momentos quando a escrita emperra

Construir um livro que possua potencial para ser lido e bem aceito pelos leitores é um objetivo viável, desde que pensado e executado de forma profissional com estratégia, organização, planejamento e disciplina.

Autores que estão trabalhando em seu primeiro livro e até mesmo aqueles experientes sofrem em algum grau com momentos de bloqueio. Ele acontece quando o escritor trava e não consegue na escrita de sua obra.

De acordo com o estudo publicado pelo Journal of Behavioral Science, 70% dos escritores travam durante a escrita de seus livros. É algo bastante frequente. E alguns sintomas são recorrentes:

• Dúvidas sobre a própria capacidade de escrita;
• Medo de falhar ou de se expor;
• Obsessão com a perfeição;
• Procrastinação crônica;
• Comparações com autores mais bem-sucedidos e experientes.

Para Eduardo Villela, book advisor e especialista em assessorar pessoas, famílias e empresas nos processos de estruturação, escrita e publicação de seus livros, “o autor apresenta bloqueios, porque muitas vezes ele acha que já tem o livro pronto na cabeça, mas isso é um grande mito. Poucos autores possuem o hábito de tirar as informações da cabeça e montar uma estrutura detalhada de capítulos. É um erro começar a trabalhar seu livro partindo direto para a escrita do primeiro capítulo. Você precisa, primeiro, enxergar o seu livro como um todo e é a elaboração de uma estrutura de capítulos que te permitirá isso. A estrutura de capítulos funciona como um mapa que te dará um norte para a escrita de cada um dos capítulos”, diz.

Escrever não é uma tarefa fácil, por isso é importante contar com o auxílio de um especialista. O book advisor, por exemplo, é uma espécie de “arquiteto de livros”: ele vai assessorá-lo durante todo o processo de construção do livro – da criação da estrutura de capítulos, análise dos diferenciais que o tornam único no mercado, até a sua escrita e viabilização de sua publicação, por meio de uma editora ou edição independente.

Com assessoria especializada, o futuro escritor, ou até mesmo o mais experiente, vai conseguir estruturar e escrever bem seu livro, minimizando ou eliminado de vez, assim, os bloqueios.

Eduardo Villela separou algumas dicas que podem ajudar a evitar o bloqueio na escrita:

• Defina quais serão os capítulos de seu livro e descreva em um a dois parágrafos o que você pretende tratar em cada um deles;
• Aproveite os momentos em que está travado para estudar mais sobre o seu tema, se aprofundar nele e avaliar as tendências que estão em alta na área;
• Estude o público-alvo de seu livro. É importante saber quem são os seus leitores e por quais razões a leitura de seu livro fará a vida deles melhor;
• Não se feche na bolha do medo e troque experiências com outros colegas autores, o que sempre ajuda.

“Lembre-se que você precisa dominar muito bem o tema que irá tratar em seu livro. Conheça-o a fundo, entenda seus meandros e suas tendências, assim como tenha clareza das dores, dificuldades, desafios, sonhos e necessidade de entendimento que o público-alvo tem em relação a ele. Preocupe-se com esses pontos, pois para as outras questões há profissionais especializados e prontos para te dar o suporte necessário e garantir que o seu livro, enfim, ganhe vida.”, finaliza.

Eduardo Villela é Book Advisor. Assessora pessoas, famílias e empresas na escrita e publicação de seus livros. Trabalha com escrita e publicação de livros desde 2004. Já lançou mais de 600 livros de variados temas, entre eles comportamento e psicologia, gestão, negócios, universitários, técnicos, ciências humanas, interesse geral, biografias/autobiografias, livros de famílias e ficção infantojuvenil e adulta.

ACESSE + CONTEÚDOS SOBRE 👇🏼
#TECNOLOGIA#REDESSOCIAIS#APLICATIVOS#LITERATURA
#EVENTOS #EMPREENDEDORISMO#FILMES#SÉRIES#GAMES